Two Is Better Than One

Aquela música já fazia minha cabeça doer. Balançava minhas pernas desanimadamente e ria seem graça ao ver minhas amigas indo até o chão. Eu não estava me divertindo. Qual era a graça de estar ali sem ele?

A música mudou. Uma música lenta tocava, e eu demorei para reconhecer a mesma. Era minha música com ele. Nossa música. Two Is Better Than One do Boys Like Girls ecoava na casa. Procurei qualquer sofá para sentar.

Bufei quando vi todos aqueles casais dançando, dando risinhos, se beijando e se abraçando. Desconfortável, mudei a posição das minhas pernas e fechei os olhos, como se quisesse absorver a música pela última vez.

Senti mãos nos meus ombros e abri os olhos em um susto. Quando vi quem estava na minha frente, com um sorriso radiante meu queixo caiu e o fitei por algum tempo. Ele ria levemente, bagunçando o cabelo. Balancei a cabeça, saindo do transe.

-O que você está fazendo aqui?

-O mesmo que você.- Arqueei a sombrancelha, e ele desviou o olhar. -Ah, você sabe, fingindo que eu to me divertindo para mostrar para você – ele voltou o olhar para mim – que eu to melhor sem você. -Abri a boca para falar alguma coisa, mas ele pousou seus dedos sobre meus lábios. Como um ato involuntário, fechei os olhos. Ele aproximou a boca de meus ouvidos, e cantou junto com a música: –Maybe it’s true, that I can’t live without you. Maybe two is better than one. (Talvez seja verdade que eu não consiga viver sem você. Talvez dois seja melhor do que um.) – A música se encaixava no momento agora mais do que nunca. Sorri. Não tinha o que falar. Só queria entender o que estava acontecendo.

-Você quer dançar?- Ah, foda-se o que estava acontecendo.

Eu estava, finalmente, depois de dois meses, me sentindo feliz. Eu estava nos braços dele novamente. Ele aproximou sua boca. Olhei em seus olhos e ele me beijou levemente. O QUE RAIOS EU ESTAVA FAZENDO, DUDE? Separei minha boca da dele e falei vacilante:

-Eu não posso…

-O que foi que você disse?- Ele me olhou nos olhos com um sorriso torto nos lábios.

-Eu não…- Ele ficou sério, com a expressão triste. Oh meu Deus, eu não sabia o que fazer. Oh, droga. Então segui o meu coração e blah blah blah whiska sache. Aproximei meus lábios e sussurrei:

-Foda-se. Two is better than one. (Dois é melhor do que um.)

Ele sorriu e me beijou. Qual era a moral de tudo isso?

“Talvez não haja moral.” Alice aventurou-se a observar.

Anúncios

0 Responses to “Two Is Better Than One”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: