Por Outros Olhos

Faz uns dois dias que eu fui ao jornaleiro da esquina. Se eu sabia o seu nome? Não. Mas essa ida ao jornaleiro da esquina me fez diferente.

Cheguei ao jornaleiro, e ele me disse, sorrindo:

-Bom dia, senhora! Como você está bonita hoje!

-Obrigada.- Respondi, me virando para pegar o jornal na prateleira.

-A senhora fez alguma coisa no cabelo?- Eu ri e apenas neguei com a cabeça. Peguei o jornal e paguei-o.

-Tenha um bom dia!- Ele sorriu para mim mais uma vez e eu acenei com a cabeça.

Enquanto dirigia, comecei a pensar em tudo aquilo que o Sr. Jornaleiro tinha dito para mim.

Eu ia naquele lugar todos os dias. Eu sabia o nome do pobre senhor simpático? Eu já tinha reparado se ele cortou ou não a barba? Já tinha reparado em como ele se vestia?

Comecei a olhar tudo ao meu redor. Passei por crianças pedindo esmola e, se quer saber, dei pelo menos ma moeda a cada uma delas.

Parei para reparar no dia. Que dia bonita que estava! O sol brilhava forte, o céu estava completamente azul e não tinha nenhuma nuvem.

Ri levemente, sozinha. Em todos esses anos de vida, eu nunca tinha parado para olhar. Dei a volta e fui para o jornaleiro mais uma vez. Puxei um banquinho e sentei de frente para o senhor.

-Vem cá, vamos conversar.- Ele me olhou e sorriu. Se sentou e disse:

-Sim senhora. O dia não está lindo hoje?

Anúncios

0 Responses to “Por Outros Olhos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: